terça-feira, 8 de junho de 2010

Especial para os nonos anos: questões interessantes que auxiliarão nos estudos para a Avaliação da Unidade l.

> O que seria do vermelho se todos só gostassem do amarelo?
> O mito reproduzido na Unidade l pertence à cultura greco-romana?
> Segundo Aldaíza Sposati, qual é a origem de todas as formas de preconceito?
> É possível sintetizar a história do mito Procusto? E que tipo de atitude o episódio ilustra?
SUCESSO!

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Ficamos ambos perdidos nas perguntas do passado.
    Guardamos memória dos pés enterrados na areia, penetrados nas pequenas ondas do mar que iam e vinham desenhado linhas curvas por onde deambulávamos, riamos e corríamos.
    Sentamos a mente no tempo e procuramos as recordações de tempos antigos, eu conto-te sobre a minha infância, tu riste-te da ingenuidade permanente dos meus actos antigos, tu falas-me dos teus pecados, eu, insatisfeita, tapo a boca com a palma das mãos e, seguidamente, aperto-te as bochechas como que um arrelio.
    Silêncio.
    Pegas-me nas mãos e tocas-me no corpo e todas as memórias antigas são em vão, o nosso momento torna-se os Verões de criança, as estrelas que contávamos pensando que eram antepassados, os sonhos repletos de magia de ironias de fadas inconscientes.


    Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=19114#ixzz0qjhcewN4
    Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

    ResponderExcluir
  3. oi Professora Tudo bom com vc
    Abraços!!!

    ResponderExcluir

Nelson Mandela

"A educação é a arma mais forte que você pode usar para mudar o mundo." "Sonho com o dia em que todas as pessoas levantar-se-ão e compreenderão que foram feitos para viverem como irmãos." "Não há caminho fácil para a Liberdade." "Uma boa cabeça e um bom coração formam uma formidável combinação." "A queda da opressão foi sancionada pela humanidade, e é a maior aspiração de cada homem livre." "A luta é a minha vida. Continuarei a lutar pela liberdade até o fim de meus dias."